Mitos e verdades

 

Estamos vivenciando já há algum tempo uma profunda mudança no desenvolvimento da Odontologia.

A Odontologia se apresenta  como área da saúde e no contexto da Saúde Baseada em Evidências, conceito iniciado no início dos anos 70, em resposta ao empirismo, onde a fundamentação acontecia baseada somente em constatações clínicas pura e simplesmente. Nisso há um destaque para o estudo da DTM e Dor Orofacial. O desenvolvimento científico leva a uma ampliação do campo de atuação do cirurgião-dentista,  possibilitando uma visão menos mecanicista, natural da profissão.
Assim,  o odontólogo pode se alinhar a tendência atual da Multidiciplinariedade dos tratamentos, onde a extensão dos cuidados aos pacientes acontece pela atuação de diversos profissionais, assim como também possibilita ao CD assumir uma posição de maior relevância em sua equipe.

​Minha oclusão é ruim: isso me causa os problemas na ATM?
 

Historicamente considerada fator etiologicamente primário e eloquentemente defendido em destacados livros-texto e transferidos para gerações de estudantes de ODONTOLOGIA, a oclusão foi perdendo a importância na sua correlação com DTM. Trabalhos e pesquisas atuais não encontram uma relação muito grande entre DTM x Oclusão.  Há pouca evidência de alguma má oclusão específica ser intimamente relacionada com DTM. Revisão sistemática  concluiu que poucas associações foram relatadas entre má oclusão e parâmetros de uma oclusão funcional e clínicos, bem como uma DTM subjetiva, e estas associações não foram uniformes. Portanto, a oclusão tem hoje importância muito restrita como fator etiológico ou mesmo perpetuador de problemas na ATM.

 
Se eu colocar aparelho ortodôntico irei melhorar da DTM?
 

A partir do momento em que a oclusão deixa de ser o fator etiológico principal, a correção da mesma, através do uso de tratamentos ortodônticos, em muito pode ser totalmente inócua. Por outro lado, atribuir o aparecimento de uma condição qualquer de DTM, a alguma falha de correção ortodôntica, também não encontra respaldo na literatura científica.

Cirurgia na ATM é uma forma de tratamento eficaz e muito indicada?

 

Cirurgias são de rara indicação (menos de 1% dos casos). Procure sempre perguntar o quanto essa indicação melhorará seu quadro. Exija essa resposta e pergunte sobre a literatura que suporta esse procedimento. Não aceite algo como:" você ficará mais bonito (a)", "respirará melhor" etc. se sua queixa não for essa. 
Quando falamos em tratamentos cirúrgicos na ATM, eles englobam uma gama diversificada de procedimentos, com graus variáveis de invasividade e morbidade. De qualquer forma, a indicação para um ato cirúrgico deve ser muito bem avaliada. Mais de 80% das DTM têm envolvimento muscular e a cirurgia nunca é solução nesses casos. Em casos onde o envolvimento da articulação, com seu disco articular deslocado, deformado etc. se apresenta, terapias conservadoras e não cirúrgicas respondem MUITO bem na grande maioria dos casos. Assim: CIRURGIA NA ATM DEVE SER MUITO BEM AVALIADA E SÓ REALIZADA NA TOTAL FALHA DE TERAPIAS CONSERVADORAS PRÉVIAS.

A utilização de placa para bruxismo irá resolver meu problema na ATM?


Atualmente não há evidência científica de que as terapias com dispositivos intra-orais possam ser curativas, apesar de extensamente utilizadas. Excetuando-se na proteção dos dentes contra o desgaste de suas estruturas, assim como em DTM onde se considere a presença do Bruxismo ou o Apertamento, e em todas as situações APENAS DURANTE O SONO, não há porque indicar o uso de placas miorrelaxantes. ESTAS NUNCA DEVEM SER MACIAS.

  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social
  • c-facebook